História

De onde o pão de queijo surgiu? Descubra aqui sua história

Tradicionalmente mineiro, o pão de queijo é apreciado nas mesas de todo o país. O pãozinho, crocante por fora e macio por dentro, está no coração dos brasileiros e de muitos estrangeiros, mas você sabe como ele surgiu?

Neste post, iremos te mostrar as principais teorias sobre a história do pão de queijo e porquê sua origem é tão curiosa.

A origem do pão de queijo

Apesar de incerta, a história do pão de queijo se mistura com o Ciclo do Ouro em Minas Gerais

Alguns registros apontam sua criação no estado mineiro no século XVIII, época em que a farinha de trigo disponível era de péssima qualidade e, no lugar, era utilizado o polvilho, oriundo da mandioca, trazido pelos portugueses.

À receita eram adicionadas sobras de queijo que haviam endurecido, ovos e leite, que, graças à expansão da pecuária, eram ingredientes de fácil acesso. A massa enrolada e assada daria início à história do pão de queijo.

Outra versão da origem da receita menciona o período da escravidão, quando a mistura de ovos e leite, herdada dos portugueses, foi associada à mandioca, base da alimentação indígena. O queijo foi adicionado para agregar sabor à massa.

A receita original

Outra questão que não é documentada com muita clareza é a receita original do pão de queijo.

A história do pão de queijo inclui diversas preparações ditas tradicionais. Alguns ingredientes variam de receita para receita, bem como suas quantidades, como o uso de água ou leite, de banha, manteiga ou óleo, de polvilho doce ou azedo. Quanto aos queijos, as opções estão entre queijos resistentes, salgados e saborosos, como o meia cura, o canastra e o parmesão.

Cada combinação de ingredientes irá resultar em um pão de queijo diferente. Ao utilizar o polvilho doce, por exemplo, o pão ficará mais denso por dentro e crocante por fora, enquanto o uso do polvilho azedo traz um produto mais leve, aerado e sequinho. Por este motivo, muitas receitas descrevem o uso dos dois tipos de polvilho na mesma massa.

Fato unânime na história do pão de queijo é quanto à origem dos ingredientes: itens frescos e, preferencialmente, rurais, como ovos caipiras e polvilho artesanal, sempre fizeram diferença no resultado final.

Por que o pão de queijo é mineiro?

A história do pão de queijo se confunde com a história da culinária mineira: primeiro foi produzida a goma, proveniente da mandioca. Depois veio a banha de porco, o sal e os ovos, além de leite, nata e manteiga. Por último, temos a produção de queijo, insumo incorporado ao biscoito de goma, dando origem ao pão de queijo como conhecemos.

É verdade que a iguaria foi criada em Minas Gerais, mas a popularização do pãozinho só ocorreu a partir de 1950 e, na década de 60, a mineira Arthêmia Chaves Carneiro disseminou a receita e começou a vender o pão de queijo no estado.

De Minas para o mundo

Além de ser um queridinho no Brasil, o pão de queijo é apreciado em mais de 50 países para onde é exportado, entre eles Portugal, Itália, Japão e Estados Unidos. Além disso, podemos encontrar produtos parecidos com o nosso pão de queijo em alguns países da América Latina.

Algumas receitas semelhantes são o pandebono, um pãozinho achatado da Colômbia, a chipa, em formato de ferradura, típica do Paraguai e da Argentina, e o pan de yuca, do mesmo formato do nosso pão de queijo e consumido no Equador, geralmente acompanhado de iogurte.

O pão de queijo na atualidade

Hoje em dia, o acesso ao pão de queijo é muito simples. Encontramos massas semi-prontas para preparo, congelados prontos para assar e casas especializadas no produto.

Além disso, quem quiser preparar seu próprio pão de queijo do zero consegue comprar facilmente produtos de boa qualidade para a massa, além da variedade de queijos para acrescentar e deixar o sabor mais suave ou mais acentuado.

Em Minas Gerais, não é estranho ser convidado a entrar e tomar um cafezinho junto a um bom pão de queijo. O pãozinho acompanha momentos leves, seja um café da manhã, um encontro com amigos ou em celebrações diversas. A história do pão de queijo é carregada de tradições e afeto e é um capítulo importante do desenvolvimento da culinária brasileira.

E você, conhecia alguma das teorias sobre a história do pão de queijo? Gosta desse quitute tão popular no nosso país?

Continue acompanhando nosso blog para mais conteúdos como este!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *